.
Publicidade
PLANTÃO PIRAPEMAS.COM

Governador Flávio Dino discute ampliação dos serviços de internet para todo o estado

27 de fev de 2015 | 08:31


O governador Flávio Dino presidiu, nesta quinta-feira (26), a segunda reunião do Conselho Empresarial do Maranhão (Cema), no Palácio dos Leões, onde foram discutidos temas relacionados à categoria. Dentre os assuntos abordados está a ampliação dos serviços de internet para todo o estado, adoção de um documento unificado de tributação, programa de compras governamentais e o licenciamento ambiental.

“Este é o momento de começar a solucionar um quadro desafiador que temos no Maranhão. É hora de colocar as nossas riquezas e a nossa produção para atingir cada vez mais pessoas e a classe empresarial como um todo”, afirmou o governador Flávio Dino, ao destacar o espaço deliberativo estabelecido com os empresários através do Cema.

Dentre as ações debatidas na reunião desta quinta-feira está a expansão do serviço de internet, que está sendo coordenada pela Secretaria de Estado de Planejamento e Orçamento (Seplan). A ampliação do serviço será trabalhada, para a rede digital da capital maranhense, a partir da fibra ótica da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), o que vai assegurar o acesso da internet a todos, principalmente aos empresários.

“É importante esta iniciativa tanto para os empresários como para quem frequenta os ambientes comerciais. Ter acesso a internet em todo Maranhão gera oportunidades econômicas e fluxo de informação”, destacou a titular da Seplan, Cyntia Mota Lima. Ela esclareceu que para a expansão do serviço ao interior, até Porto Franco, serão utilizadas as fibras da Eletronorte.

Outra ação importante que está sendo desenvolvida pelo Cema, é a unificação dos tributos em um único documento. “Todo dia 20 o empresário poderá pagar impostos como ISS, PIS, ICMS e Imposto de Renda por meio de um único documento, facilitando a vida tributária do empreendedor”, esclareceu o secretário da Fazenda, Marcellus Ribeiro.

Também participaram da reunião desta quinta-feira, os demais integrantes do conselho, como o secretário de Indústria e Comércio e coordenador do Cema, Simplício Araújo; o secretário da Fazenda, Marcellus Ribeiro; a presidente da Associação Comercial do Maranhão, Luzia Rezende; a presidente da Câmara de Federação de Lojista (CDL), Socorro Noronha; a secretária de Planejamento e Orçamento, Cyntia Mota Lima; o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema) e do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Edilson Baldez; o superintendente do Sebrae, João Martins; e o presidente da Fecomércio, José Arteiro.

Gestão participativa

Todo mês a equipe do Conselho Empresarial do Maranhão (Cema) se reunirá para definir ações públicas de desenvolvimento econômico e social para o estado. As ações serão focadas em diferentes segmentos, representados no conselho por câmaras setoriais que abrangem diversas áreas, como turismo, agronegócio, energia e gás, minério, metalurgia, comércio e serviços e infraestrutura.

Os empresários têm, pela primeira vez, participação efetiva na definição da política de investimentos delineada pelo Governo do Estado. A criação do Cema foi um compromisso assumido pelo governador Flávio Dino no período de campanha e concretizado ainda nos primeiros dias de governo.

O coordenador do Cema, secretário Marcelo Simplício, destacou o caráter facilitador para a superação de entraves ao empreendedor. “Com o Cema, o Estado pode criar um ambiente saudável para as empresas, basta procurar a secretaria de Indústria e Comércio e apresentar a pauta para discutirmos aqui os problemas e buscarmos soluções”, explicou Simplício.

Entidades integrantes do Conselho

Associação Comercial do Maranhão (ACM)

Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL)

Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Maranhão (Faema)

Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio)

Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema)

Vice-governador recebe visita de cônsul do Japão



Na tarde desta quinta-feira (26), o vice-governador Carlos Brandão recebeu em seu gabinete, no Palácio Henrique de La Rocque, a visita do cônsul principal do Japão em Belém, Masahiko Kobayashi, que chegou ao local acompanhado do vice-cônsul, Tsuneharu Tarui; conselheiros da Associação Nipo-Brasileira do Maranhão, Kioshi Yamada; e do engenheiro eletroeletrônico, Genilson Pavão.

Eles estiveram com o vice-governador a fim de estreitar os laços de amizade entre Japão e Brasil, que este ano completam 120 anos. Durante a visita, ficou acordado que as comemorações de aniversário das relações diplomáticas servirá para aproximar ainda mais a relação entre as nações, no Maranhão.

“Este é um ano especial para o Governo do Estado porque cristaliza o desejo do governador Flávio Dino em unir os setores público e privado para a ampliação desse tipo de relação diplomática. O Maranhão dará a sua contribuição, oportunizando aos japoneses parcerias nos setores do agronegócio, tecnologia, atração de empresas e o que mais apontarem como campo de interesse, gerando emprego e renda ao nosso estado”, afirmou Carlos Brandão.

O cônsul Kobayashi manifestou interesse em investimentos no Porto do Itaqui. “Certamente buscaremos novamente o governo maranhense para uma nova rodada de conversações”, complementou o cônsul.

Durante esta quinta-feira, o vice-governador também participou da abertura da ‘Semana do Japão – 120 anos de Amizade Japão Brasil’, na unidade do Cemp-MA, na Rua Rio Branco, no Centro. O evento é uma promoção do Consulado do Japão em Belém, Comissão dos 120 Anos de Amizade Japão Brasil e Cemp-MA. A Semana será realizada este sábado (28).

Governo amplia programa de ressocialização de presos para Viana e Timon

A Secretaria de Estado de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap) e a Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac) assinaram, nesta quinta-feira (26), convênio que vai colaborar na reinserção de internos em Viana e Timon. As vantagens do convênio são, principalmente, o baixo custo para a sociedade e o baixo índice de reincidência criminal, se comparado às prisões convencionais. “Hoje um interno custa aproximadamente R$ 2 mil ao Estado e na Apac o custo chega a R$ 900”, disse Murilo Andrade, secretário de Estado de Justiça e Administração Penitenciária.

A Apac é uma entidade civil, sem fins lucrativos, que se dedica à recuperação e à reintegração social dos condenados a penas privativas de liberdade, e também, a desenvolver programas focados na segurança da coletividade. As Apacs operam como auxiliares do Judiciário na execução das penas e do Executivo no apoio à ressocialização.

“O governador Flávio Dino tem dado todo o apoio aos programas de ressocialização e a proposta é tornar o sistema penitenciário realmente humanizado”, comentou Murilo Andrade. Estiveram no ato da assinatura o diretor da Apac de Timon, José Augusto Rego e a diretora da Apac de Viana, Cristina Rodrigues.

Governo do Estado auxilia municípios a desenvolver o turismo

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Turismo (Setur) realizará, em parceria com o Ministério do Turismo e a Federação dos Municípios do Maranhão (Famem), um seminário sobre projetos de desenvolvimento turístico em todas as regiões do Estado. “O acordo foi firmado durante a audiência do governador Flávio Dino e o ministro do Turismo, Vinícius Lages, na quarta-feira (25)”, disse a secretária de Turismo, Delma Andrade.

Com previsão para acontecer no primeiro semestre deste ano, o evento contará com a participação dos municípios maranhenses inseridos no Programa de Regionalização do Ministério do Turismo. A agenda do evento prevê uma apresentação detalhada dos programas disponíveis para apoio aos municípios e depois, atendimento individual com prefeitos e secretários de turismo municipais para sanar dúvidas quanto aos projetos em andamento.

“Nosso objetivo é garantir que os recursos já captados sejam aplicados e que novos pleitos feitos estejam em conformidade com as diretrizes, tanto do governo estadual, quanto do federal”, disse Delma Andrade.

A secretária ressaltou, também, que o aumento da competitividade dos destinos maranhenses e a aplicação de ações inovadoras dependem do sucesso da integração de forças. “O seminário indicará oportunidades e ampliará os esforços para impulsionarmos a geração de empregos e a distribuição de renda por meio do turismo”, acentuou.

Caema recupera emissário de esgoto na Forquilha


A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) concluiu os trabalhos de reparo e substituição da tubulação do emissário de esgoto localizado na Estrada de Ribamar, nas proximidades da rotatória da Forquilha. Por ter mais de 30 anos de uso contínuo, a tubulação rompia com frequência, atrapalhando o tráfego de veículos.

“Com a colocação de tubos novos e mais resistentes, eliminamos a possibilidade de novos vazamentos naquele trecho”, disse o gerente da unidade da Caema na Cohab, Ismário Nunes. Ele explicou que a melhoria da qualidade dos serviços é um compromisso da gestão estadual.

Nesta primeira ação, foram trocados 42 metros de tubos de concreto armado de 500 milímetros de diâmetro. Após a conclusão da troca de tubos, foi feito o reaterro do local para normalizar o tráfego de veículos, o asfaltamento do local está previsto para sexta-feira (27).
 
Copyright © 2010 - 2015. Pirapemas.com | Credibilidade em notícias - Todos os Direitos Reservados | Desenvolvido por JM Informática